09
Maio

Conteúdo rankeado: como funciona o SEO na otimização dos motores de buscas

Se você começou recentemente uma estratégia de marketing digital ou está pensando em começar, provavelmente já viu essas três letrinhas: SEO. O termo é um dos pilares mais importantes da produção de conteúdo e da criação de páginas na internet.

Mas, afinal, o que significa SEO e por que ele é tão importante para a estratégia de marketing digital? Continue lendo e entenda de uma vez por todas!

O que é SEO?

É a sigla para Search Engine Optimization que significa otimização para motores de busca. O SEO é um conjunto de práticas adotadas por quem publica conteúdo em blogs e sites.

A técnica visa aumentar as chances de as páginas serem encontradas no Google e outros mecanismos de busca. Se você quer aparecer na primeira página do Google, tem que fazer SEO.

Como funciona?

Você já parou para pensar como o Google escolhe quais resultados serão apresentados primeiro? Quem trabalha com SEO já pensou e pensa (muito) sobre o assunto. Os algoritmos das ferramentas de busca possuem uma série de critérios para ranquear as milhões de páginas na internet.

O que os especialistas em SEO fazem é otimizar as páginas para que elas obedeçam a esses critérios e se tornem atraentes aos olhos dos algoritmos. É um trabalho extremamente técnico, pois o Google utiliza mais de 200 critérios para avaliar cada site e frequentemente o algoritmo é alterado.

Quais são os fundamentos de SEO?

Pode parecer contraditório, mas a regra número 1 do SEO é saber que você está produzindo páginas para pessoas e não para um algoritmo. Todos os critérios adotados pelo Google são, na verdade, critérios que buscam melhorar a experiência do usuário. Veja os fundamentos do SEO!

Palavras-chave

As palavras-chave são o coração do SEO, já que é através delas que o usuário realiza uma busca. Definir palavras-chave relacionadas ao negócio é o ponto de partida do seu planejamento de produção. É importante entender o que as suas personas geralmente pesquisam.

O ideal é que você utilize não apenas palavras relacionadas ao seu negócio, como “compra de imóvel” ou “aluguel de equipamentos”. Quem quer comprar um imóvel provavelmente também quer saber sobre como organizar o orçamento para juntar dinheiro. Quem aluga equipamentos geralmente também busca por tema relacionados, como gestão de obra. Tenha em mente que as suas palavras-chave e textos devem estar focadas nas dores das suas personas e não no seu produto.

Todas as páginas dentro do site e posts do blog devem ter pelo menos uma palavra-chave definida e ela tem que aparecer sempre na URL, no título, no início e no fim da página, além de estar presente em uma densidade adequada. A palavra-chave deve aparecer sempre de forma natural, sem atrapalhar o ritmo de leitura.

Otimização para dispositivos móveis

O uso de dispositivos móveis se tornou tão frequente, que esse virou um dos critérios mais relevantes do Google. Se ainda não tem, desenvolva páginas mobile friendly para aumentar suas chances.

Utilização de links

O uso de links tanto para posts do seu próprio blog quanto para páginas externas também conta como fundamento de SEO.

Uso de imagens

As imagens utilizadas também influenciam no ranqueamento. Use imagens de boa qualidade, preste atenção aos direitos autorais e faça otimização delas, usando as palavras-chave na descrição da imagem.

Usabilidade e escaneabilidade da página

Como falamos, o Google sempre visa a melhoria da experiência do usuário. Por isso, ele preza bastante pela usabilidade da página e facilidade de leitura. Considere estas dicas:

** Páginas que demoram para carregar são penalizadas;

** Escreva parágrafos pequenos e frases curtas para tornar a leitura mais fácil;

** Utilize intertítulos para que o leitor consiga escanear o texto rapidamente e saber se o conteúdo contém a informação que ele precisa;

**Tenha um site responsivo, isto é, que se adapta a diferentes tamanhos de telas.

Conteúdo de qualidade

A qualidade do conteúdo também é observada pelo Google. Conteúdo copiado é terminantemente proibido e pode levar até mesmo à exclusão do seu site dos resultados.

Se as pessoas entram no seu blog e fecham a página rapidamente, o Google entende que seu conteúdo não é interessante e diminui seu ranqueamento. Uma forma de melhorar a sua reputação como conteúdo de qualidade é obter backlinks, isto é, conseguir com que outras páginas criem links para seu site.

Para ser classificado como conteúdo de qualidade pelo Google não há como burlar o algoritmo: você precisa realmente criar textos e páginas que resolvem as dúvidas das pessoas e sejam relevantes.

Como o SEO influencia os resultados do marketing digital?

O tráfego orgânico (que não vem de anúncios pagos) é possivelmente a melhor forma de aumentar o número de visitas e obter mais leads. É claro que anúncios pagos também podem compor a estratégia de marketing, mas se você quiser levar seu conteúdo ao topo, precisa trabalhar para aparecer na página principal do Google.

Segundo algumas estatísticas, a primeira posição dos resultados orgânicos tem uma taxa de clique de 34,36% e a pesquisa orgânica traz três vezes mais visitantes para os blogs do que as redes sociais. Os três primeiros resultados recebem 60% dos cliques, enquanto 75% dos usuários nunca passa da primeira página.

Ou seja, se você quiser ter sucesso em marketing digital e ganhar mais tráfego para seu blog, precisa fazer SEO. Fique de olho nos critérios do Google e não se esqueça de publicar qualidade do conteúdo e proporcionar uma experiência positiva aos seus leitores!

Quer aprender mais sobre marketing digital? Confira também que tipo de conteúdo você pode publicar para gerar notoriedade e oportunidades de negócio!