16
Maio

Tecnologia: como a impressora 3D pode ser útil na construção civil?

A impressora 3D é a tecnologia do momento e todo mundo está falando sobre ela. Na construção civil, já existem ideias, protótipos e planos para que essa técnica seja usada em diversas atividades.

Muitos consideram que a impressão 3D vai se tornar um dos principais processos produtivos num futuro próximo. Mas até onde a impressora pode ser aplicada na construção civil e quais benefícios ela traz? Quais são as possibilidades e limitações? Vem com a gente para descobrir!

O funcionamento da impressora 3D

A impressão 3D é o nome popular de um processo de fabricação cujo nome correto é manufatura aditiva. Ele é chamado assim porque as partes são fabricadas em camadas sucessivas que se unem para formar uma peça única. Essas camadas são aplicadas de baixo para cima, uma após a outra.

Para começar, é preciso ter um modelo 3D da peça ou estrutura que se deseja fabricar. Esse modelo é dividido em múltiplas camadas (layers) e a espessura delas depende de fatores como tamanho da peça, material e máquina que será usada.

A impressora lê esses layers no computador e aplica uma camada de material no formato determinado pelo projeto. Em seguida, move para a camada de cima e aplica mais material. Esse processo se repete até que todas as camadas sejam aplicadas e a peça esteja pronta.

Benefícios de usar essa técnica

A manufatura aditiva vem se popularizando por sua capacidade de produzir peças complexas em um tempo relativamente baixo. Por exemplo, em uma construção tradicional, os canais para passagem de instalações elétricas precisam ser fabricados em uma operação diferente da construção da parede. Com a impressora 3D, tudo pode ser feito ao mesmo tempo.

Outro grande benefício é a possibilidade de gerar produtos totalmente customizáveis. Além disso, o custo de produção de protótipos pode ser reduzido consideravelmente com o uso das impressoras 3D e isso tem acelerado o desenvolvimento de novos produtos.

A técnica também reduz o desperdício de materiais, já que praticamente não existem sobras durante a produção.

Possíveis aplicações da impressora 3D na construção civil

Veja, a seguir, algumas aplicações possíveis, no presente ou no futuro, para a impressora 3D na construção civil!

Impressão de protótipos e modelos arquitetônicos

A produção de protótipos e modelos arquitetônicos com as impressoras 3D já é algo plausível e que pode ser realizado por praticamente qualquer empresa. Esses modelos ajudam, por exemplo, os profissionais de projeto, que podem visualizar melhor as possibilidades, testar diferentes soluções e discutir ideias.

Outra grande vantagem é que a construção de maquetes fica mais simples e rápida com essa tecnologia. Ou seja, fica muito mais fácil apresentar o projeto de um empreendimento para os clientes e mostrar todos os detalhes para eles.

Construção de imóveis

A construção de imóveis inteiros utilizando impressão 3D já aconteceu em alguns protótipos ao redor do mundo. A Icon, uma startup sediada em Austin, no Texas (EUA), anunciou que construiu uma impressora 3D capaz de produzir uma casa inteira em 24h e pela metade do preço normal!

A chinesa WinSun também já tem um prédio produzido com impressão 3D. Em Dubai, o Primeiro Ministro inaugurou recentemente o primeiro prédio de escritórios do mundo feito com a técnica. A expectativa é que, com a evolução da tecnologia, a impressão 3D possa resolver problemas como a falta de moradia para a população pobre e a necessidade de reduzir custos e tempo de construção.

Prédio em Dubai, construído com impressora 3D


Criação de estruturas

Em Amsterdã (Holanda), uma startup chamada MX3D está desenvolvendo uma impressora 3D externa para a produção de estruturas usando materiais sustentáveis. O primeiro projeto é a construção de uma ponte sobre um dos famosos canais da cidade.

 

Pavimentação

Outra possibilidade é o uso de impressão 3D para a pavimentação de ruas inteiras ou para o reparo de locais danificados. Por exemplo, o engenheiro Robert Flitsch criou um protótipo de um robô para reparar buracos e fissuras no pavimento.

Quais são os desafios a serem enfrentados?

Muitas dessas aplicações ainda são possíveis apenas em pequenas escalas. Apesar de ter a capacidade de produzir peças complexas em tempo relativamente baixo, a impressão 3D ainda não é a técnica mais adequada para a produção em larga escala.

Para que a impressão 3D possa ser utilizada em grandes projetos e realmente sirva para construir casas inteiras, a tecnologia ainda precisa evoluir para ser mais rápida. Ainda assim, vale a pena ficar de olho e acompanhar a evolução da impressora 3D!

Você gosta de conhecer as principais tendências e novidades da construção e arquitetura? Não perca nosso artigo sobre o uso de containers na construção civil!